Amigos

Hoje, na hora do almoço, em uma coversa descontraída, eu e dois colegas de trabalho entramos no assunto amizade. O meu comentário foi acerca de uma constatação que já tive há certo tempo, e acho que vale a pena compartilhar aqui com vocês.

Eu sempre me dei melhor com os meninos. Acho muito mais fácil e agradável fazer amizade com um homem que com uma mulher. Explico por quê.

Tudo bem, talvez eu tenha um pouco a mais de testosterona no organismo que a maioria das mulheres. Não que eu seja machona e ande igual a um espartano, mas eu gosto de futebol, de jogar baralho, sinuca, tomar cerveja, e não tenho muitas frescurites, digamos assim, nem mesmo gosto de fazer compras. Não sou fissurada em roupas, sapatos, maquiagens e afins.

Talvez por isso estar em um grupo muito grande de mulheres por muito tempo me cause alguns arrepios. Primeiro, pelo natural instinto de competição que as mulheres possuem, que eu odeio. Uma está sempre tentando mostrar para a outra que é mais bonita, sexy, atraente, cheirosa, chique, e uma lista interminável de etcéteras que as outras. Mesmo que seja sua melhor amiga. Isso me irrita profundamente.

Primeiro, porque eu não valorizo muito a aparência das pessoas. O que me importa é o caráter e a personalidade — atributos aos quais as pessoas parecem não dar muito valor ultimamente.
Além do sentimento de inveja implícito em cada frase que boa parte das mulheres pronuncia, detesto veementemente conversas fúteis, que eu costumo chamar de "papo de salão".

Sinceramente, não me interessa o que está na moda. Eu uso o que eu gosto e acho bonito, não o que um estilista idiota qualquer diz que é bonito. Não estou nem aí se a Suzana Vieira procura maridos no jardim de infância, ou se o Dado Dolabella arrebentou a cara da Luana Piovani (merecidamente) pela trigésima oitava vez. Eu mal dou conta de cuidar da minha vida, vou me preocupar com a dos outros? Pior, com a vida de pessoas que não fazem e menor diferença para mim!?

E aqui eu poderia citar uma lista muito grande de conversas superficiais e completamente inúteis que as mulheres costumam ter quando se juntam. Se você puxar um papo coerente ali, elas vão ficar te olhando com cara de abajur, e provavelmente logo mudarão de assunto.
Por isso, eu tenho poucas amigas, selecionadas a dedo, que não são fúteis e alienadas ao mundinho hipócrita que domina os meios de comunicação atualmente, e cujo repertório de assuntos não se limite aos reality shows de top models, à vida das "celebridades" e ao que está suuuuuuuuper na moda e muuuuuuito barato em tal boutique. #prontofalei

11 transtornados opinaram:

Irmãs disse...

Eu sou parecida com vc nesse sentido.Sempre tive mais amigos homens do que amigas. Isso é um problema para o meu marido, mas ele não acredita que eu saia pra tomar uma breja com os "meninos" de calça jeans e sem maquiagem. Eu tenho uma frase sobre mulheres: "mulher só se beija porque não pode se morder" e infelizmente ao longo da minha vida pude perceber que a frase é verdadeira mesmo!

Beijos!

Sah

Rose Carreiro disse...

HAUHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA

Acho que é por isso que a gente se dá bem!

A maioria dos meus amigos são homens, eu não manjo de maquiagem e qnd tenho um assunto feminino, depois fico me achando mt mulherzinha huhauhauhua

Beijos, gata!

Leite disse...

olha.. é verdade que a mulherada tá demais.. eu mesma tenho amigas se enquadram exatamente no que você falou, mas você esqueceu dos meio termos ué! e eu? eu tenho bem mais amigos homens, acho bem mais fácil ser amiga deles, mas ao mesmo tempo eu manjo super de maquiagem e essas frescurinhas, no entanto não sou nenhum pouco fresca! e ainda mais que eu sou futil, superfutil, mas não apenas, eu costumo reservar uma parte do meu dia para o campo futilidade e de resto eu sou um ser humano bem informado e culto. Viva ao meio termo! Mas viva as diferenças também! Mas devo confessar que as amigas sem frescura são mais divertidas!

Irmãs disse...

Jean, passa no coisas que têm selinho pra vc!!!

Beijocas!!

Liana disse...

eu acho q tb já escrevi sobre isso... me dou bem melhor com homens do q mulheres (seus motivos adicionam-se aos meus)

DESASSOSSEGADA disse...

Nao sei se vc gosta mas...

Tem selo pra você no meu blog

Passa pegar

bjos


Depois passo te ler ...

DESASSOSSEGADA disse...

Sinceramente não sei ser mulherzinha...

Minhas amizades hum... se pedir para eu indicar minha melhor amiga indicarei o Carlos (homo sim) ele sabe tudo sobre minha pessoa, e não tenho amigas mulheres acho competitivas ou quando são muito amigas soa me falso.

Não gosto de conversas superficiais, e de usar tudo o que esta na moda mesmo porque nem tenho paciencia de procurar o que esta na moda, uso o que me cai bem.

Liana disse...

tem selinho pra vc lá no blog

Irmãs disse...

Tem Selinho novo pra você!

Beijos

Anônimo disse...

Oi Jean Grey
Sou forçada a discordar de você. Acho que amiga é alguém com quem a gente pode conversar de tudo. Tem interesses parecidos com a gente. Se a amiga se dá bem, a gente fica feliz. E vice versa.
Tem coisas que não dá pra conversar com homem...
Agora, gente fútil e invejosa, não é sequer candidata a ser nossa amiga né?
A maioria das pessoas é meio cabeça oca e senso comum mesmo... Tanto homens quanto mulheres.
Amigo homem é legal sim. Mas sempre paira aquele interesse no ar...
Tenho ótimas amigas há muitos anos. Amigos já são mais raros. Quando eles se comprometem, ficam meio subjugados pela "donas", que não permitem muitas amizades por aí.
Beijo
Lyla

Dama de Cinzas disse...

Eu já sou uma admiradora da alma feminina. Adoro homens pra relacionamento amoroso, são simples, objetivos, sem frescuras e eu sinto atração por eles... eheheh... Mas pra amizade eu gosto da complexidade feminina e eu tenho um lado futil que adora falar de cabelo, cremes e xampús, que só pode ser com mulher... ahahah

Obrigada pela visita! Vou colocar seu blog na minha listinha!

Beijocas

Sou sempre eu mesma, mas não sou sempre a mesma!.
 
Copyright 2009 tRaNstoRno muLTipoLaR All rights reserved.
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress Theme by EZwpthemes